Não vai há muitos anos, tínhamos um primeiro ministro que dizia que:
" é uma questão de fazerem as contas..."
e este caso faz-me lembrar essa situação meia insólita.
Se não vejamos:
O Município de Oliveira do Hospital, a fim de ornamentar a vila de São Gião resolve pedir uma ajuda comunitária à entidade competente para o efeito...
Até aqui: Tudo Bem, não têm muito dinheiro e tal, então resolvem pedir...
"quem não chora não mama"
Mas, essa generosa entidade (FEOGA), não só disponibilizou a verba, como tratou de subir o valor em 1.489,26 Euros

Conclusão que eu tiro:


O FEOGA, não só pagou a obra na totalidade,
como ainda deixou gorjeta...

Gorjeta essa que foi parar ao bolso de quem?
pergunto eu ansioso por uma resposta...

1.489.26 Euros de Bónus


para alguém que pediu só um extra para ajudar na obra
que deveria ser paga em parte também pela autarquia.
Estou certo ou estou errado?
Ou serei só curioso demais em relação ao nosso dinheiro
e ao seu real aproveitamento por parte dos lideres europeus?