Numa empresa portuguesa, por causa das fotocópias, foi emitida a seguinte circular:

Caros Colegas:

Pede-se encarecidamente ao pessoal da Empresa, que no momento de solicitar fotocópias ao colega da REPROGRAFIA, Sr. João, o façam de
uma forma clara e objectiva, completando as frases que escreverem. Acontece que os "post it" adjuntos aos documentos por fotocopiar, e os
pedidos escritos, têm causado problemas ao nosso colega de trabalho que nos faz o favor de tirar as cópias, chegando ao extremo de criar problemas
conjugais. Como exemplo, citamos algumas notas de "post it" encontradas nos bolsos do nosso colega pela sua esposa:

- João!... faz-me como o fizeste da outra vez!

-João!... dá-me duas, rapidinho!

- João!... pelos dois lados... e presta atenção que por trás tem que ficar tudo.

- Por favor, João!... primeiro a mim, que estou aflita.

- Quando tirares, faz com que se veja o melhor possível.

- Pode ser sem pressa, mas que fique bem feito!

- João!... urgente! Podes meter-me no meio sem que ninguém perceba e fazer rapidinho?

- João! ... Pode ser pela frente e por trás. Se não conseguires, dá-me duas separadas.

- Então, João, quando é que me fazes o trabalhinho? Estou a ficar aflita.

Percebem agora a GRAVE situação em que se encontra o nosso colega?