Segundo os registos oficiais, Darrell Johnson morreu em 1976, quando as cheias atingiram o Colorado, nos Estados Unidos. Mas, para a surpresa dos antigos vizinhos, o homem em causa, que hoje tem 63 anos, foi recentemente encontrado em Oklahoma e com vida, refere o site Globo.com.

Segundo o jornal «Fort Collins Coloradoan», Johnson não sabia que estava entre os 144 mortos na lista de vítimas da enchente de 1976. O «sobrevivente» só ficou a saber da confusão quando os moradores de Fort Collins exigiram provas de que ele estivesse morto antes de patrocinarem uma homenagem com placas.

Johnson explicou que ele e a sua família decidiram deixar o abrigo uma noite após o início da cheia de 1976. Poucas horas depois, o abrigo foi devastado. Actualmente Darrel Johnson organiza funerais na cidade de Oklahoma.