Apesar de ser um projecto encerrado por tempo indeterminado e por razões de força maior, o dissidenciasTV ("O primeiro Canal Extra-Terrestre de palermices e non sense, emitido a partir do planeta RisSol, o qual terá de enfrentar a feroz concorrência do canal "Parlamento".Afinal até os factos políticos, sociais e vaginais podem ter piada.") pode ainda ser consultado para rever várias espécies de meteoritos apalermados de piada que por lá aterraram.

Eu escolhi para vos entreter hoje, um episódio fantástico, mas não recomendado a pessoas com vertigens, visto estar 9 andares acima do solo firme.
Mas o Sr. dissidencias que apresenta o sketch, está de tal maneira atraente, que qualquer pessoa se esquecerá que está a assistir a isto do telhado do 9º andar de um prédio num dia de muita chuva.
Vejam e comentem se fizerem o favor.
Se acharam que as cuecas do especialista em cuecas brancas não estão completamente brancas: lembrem-se que este sketch remonta a 2007, portanto...

Comments (2)

On sexta-feira, maio 08, 2009 4:24:00 da tarde , dissidencias disse...

Mas que pouca vergonha é esta? Um professor universitário em cuecas brancas em cima de um telhado? Ainda se fosse em cuecas pretas para não se notar a sujidade, ainda vá que não vá... mas de cuecas brancas é inadmissível. Vou já fazer queixa à Associação Portuguesa de Bons Costumes e do Respeitinho.

;)

 
On sexta-feira, maio 08, 2009 5:54:00 da tarde , gui.tattoo disse...

Esquece amigo essa coisa da queixa, que eu já tentei fazer o mesmo quando vi o Bruno Nogueira de pernas ao léu...
e o que me responderam foi

"Ou grama esse moço assim e o Sócrates em singlete a fazer jogging, ou temos temos mesmo de colocar o Fernando Mendes a correr todo nu, numa jaula cheia de Gouchas só de gravata... ambos com as mãos nos bolsos a correr um atrás do outro em busca de um queque sem açucar. Que prefere? "

Ao que eu respondi:
- Bem, nesse caso, prefiro que continue como está, quem sabe um dia não apanho o dissidencias de cuecas brancas em cima do telhado de um 9º andar assim com os joelhos à mostra...

E ainda bem que esse sonho veio a revelar-se uma realidade, porque assim também tirei as minhas dúvidas em relação aquele mito da trovoada junto às chaminés, tudo não passa de uma história muito mal contada pelos mais velhos para assustar as crianças...