Apesar da minha preferência de leitura (nesta época) se centrar nos manuais de "Sobrevivência entre emigrantes e turistas" nas versões: Franceses - Alemães - Suíços - Portugueses e alguns Ucranianos, de um autor que não me lembro agora o nome, acho úteis estas dicas deixadas pelo nosso amigo sempre (bem) disposto a fazer o melhor pela sociedade em geral e pela cultura em particular.

Eu confesso que estou apenas a aguardar o lançamento daquele que será o best-seller deste verão, que apesar de já conhecer o autor, desconheço o título da obra.
E esse sim, será o calhamaço que vou levar debaixo do braço nas minhas férias.

A seu tempo toda a gente saberá de quem se trata... e mais não digo.

Sugestões boazonas de leitura
"Para todas aquelas pessoas estúpidas ou que pretendam vir a sê-lo, aconselho estupidamente o delicioso livro “Como me Tornei Estúpido”, do jovem autor Martin Page. Este livro conta a história do jovem Antoine, que vive infeliz na actual sociedade, devido à sua grande inteligência, sentido de consciência crítica e elevada criatividade."