"É ENGRAÇADO COMO ADORAMOS A FRASE “QUEM SOU EU PARA JULGAR ALGUÉM” ENQUANTO JULGAMOS AQUI E ALI.
EU SOU CONTRA ESSA FRASE! NÃO SOMOS NINGUÉM PARA JULGAR? E NO DIA-A-DIA QUEM NOS JULGA? ACREDITA, SE NÃO TIVERES ESSA ACÇÃO FICAS APÁTICO, FACILMENTE MANIPULÁVEL POR OUTREM.
O PROBLEMA É QUE, EM GERAL, JULGAMOS APENAS UM ACTO ISOLADO E NÃO O HISTÓRICO DOS ACTOS. E AÍ A QUESTÃO DA ORIGEM FICA EM SEGUNDO PLANO.
DAÍ A FRASE “QUEM SOU EU PARA JULGAR ALGUÉM”!"


Comments (2)

On sexta-feira, julho 24, 2009 1:59:00 da tarde , gui.tattoo disse...

Já tinha-mos saudades das tuas palavras..
Bem reaparecida e boas férias, se entretanto só te voltares a inspirar depois do merecido descanso ;)

 
On domingo, julho 26, 2009 10:58:00 da tarde , Ariadne* disse...

o problema é quando se julga sem fundamento...
;)
porque muitos julgamentos dizem-nos a verdade de como são as pessoas...
**