O
Em Paris com...

José Sócrates (à moda do Porto), amigo de boas histórias como todos sabemos, um dia, numa das suas viagens a Paris, invariavelmente organizada pela Agência Cosmos, andava a passear pelas ruas até que vê uma prostituta maravilhosa. Inicia uma conversa amigável e acaba fazendo a grande pergunta...

- Quanto lebas?

Ela responde...

- Começa em 500EUR por uma masturbação.

Ele responde...500EUR? Por uma masturbaçoum? Num pode ser... Nenhuma punheta bale tanto dinheiro, carago!

A prostituta responde...

- Estás a ver aquele restaurante na esquina?

- Sinhe, toue.

- Estás a ver aquele outro restaurante um pouco abaixo?

- Sinhe. Ele responde novamente.

- E aquele outro mais adiante um pouco?

- Sinhe. Novamente.

- Bem, ela diz, com um sorriso maroto, eles são meus por que eu bato uma punheta que vale 500EUR.

O pinto da costa pensa... e...



- Que merda, carago!!! A gente só bibe uma bez. Bou experimentare!!!

- Eles entram num hotel ali perto.

- Daqui a pouco ele senta na cama e vê que acabou de ter a melhor masturbação do mundo e que valeu cada um dos 500EUR.

- Ele está tão impressionado que diz...

- Um bico debe ser praí 1.000EUR...

- Não, 2.000EUR, responde ela.

- Ele, em completo estado de choque. Num pode sere!!! Um bico num pode custar 2.000EUR, carago!!!

A prostituta responde : - Vem até a janela, bonitão. Estás a ver aquele Casino do outro lado da rua? Aquele Casino é meu. E ele é meu porque eu faço um bico que vale 2.000EUR.

O tal do engenheiro pensa na punheta e decide adiar a troca do carro para semana seguinte...

- Bamos nessa!!!

Dez minutos depois, José Sócrates está sentado na cama, mais maravilhado ainda. Ele mal consegue acreditar mas valeu cada centavo de seu dinheiro. Ele decide meter a mão na poupança por uma experiência inesquecível.

E aí pergunta...

- E quanto é a rata? 5.000EUR???

A prostituta responde...

Vem até a janela... ...Estás a ver toda a cidade de Paris? Com todas as suas luzes brilhantes,casinos, hotéis maravilhosos, casas de espectáculos e restaurantes?

- Carago, pá!! responde o turista Sócrates. És dona de tudo?

- Não, mas seria se tivesse uma rata.......!!!