Olhem só quem cresceu e está "doidinho"


Chama-se: "Sem dinheiro e sem cueca",
canta: Saúl Ricardo