Hoje vi o cego que mora por cima da óptica
da avenida da Boavista.


Fonte : ironia do destino