Homem que manteve a filha sequestrada durante 24 anos e abusou dela vai cumprir pena numa instituição psiquiátrica.

Joseph Fritzl foi condenado a prisão perpétua. O homem acusado de manter a filha sequestrada durante mais de duas décadas, de ter abusado dela durante esse período e de ter deixado morrer um dos filhos que teve com ela vai cumprir pena numa instituição psiquiátrica.

Os oito jurados acabaram por tomar a decisão de forma bastante rápida. Joseph Fritzl esteve pela segunda vez, esta quinta-feira, na sala do tribunal para ouvir a sentença. De manhã, tinha pedido perdão e dito que lamentava «do fundo do coração».

Ficou assim confirmada a culpa do arguido na morte do bebé gémeo que estava doente e para quem Fritzl não providenciou assistência médica. Joseph Fritzl foi considerado culpado de aprisionar e abusar sexualmente da filha num regime de escravatura.


Esta é sem dúvida o melhor presente que este homem que se dizia Pai, poderia ter recebido, apesar de eu em nome próprio talvez acrescentasse algo mais à sua pena... e sem pena alguma!!!
Mas se o juiz assim decidiu, está decidido.

Comments (4)

On quinta-feira, março 19, 2009 3:16:00 da tarde , Chocolate com Pimenta disse...

Eu a esse pai dava uma prenda muito especial: Castração à la Bobbit. E ainda era pouco!

 
On quinta-feira, março 19, 2009 7:52:00 da tarde , gui.tattoo disse...

Eu, além da perpétua., oferecia-lhe um pau nas costas todos os dias até ao fim da sua vida... não ia durar muito, mas 'pais' assim: Não obrigado.

 
On sexta-feira, março 20, 2009 2:42:00 da tarde , white_tiger disse...

Prisão prepétua? Só? Eu na minha opinião respeitaria tanto os direitos humanos com ele assim como ele respeitou com a filha...um pau nas costas ainda era pouco gui.tattoo...as prisões em alguns países são autenticos resortes (não em portugal) por isso...na minha opinião e pouco, mas isso sou eu...

 
On domingo, março 22, 2009 3:03:00 da tarde , João Machado disse...

Esta história dava um filme capaz de ganhar óscares.
Impensável...